iBOM | PMs são agredidos ao atender ocorrências; autores foram presos



140x140
Bom Despacho (MG), 11 de dezembro de 2017

PMs são agredidos ao atender ocorrências; autores foram presos

Imagem ilustrativa
Publicado em 02/12/2017 15:04:32

Duas ocorrências na noite de ontem, sexta-feira, 1º/12, terminaram com três policiais militares feridos em Bom Despacho. A primeira ocorrência foi na avenida Geralda Lopes, bairro Santa Rita, onde uma guarnição compareceu para atender denúncia de tráfico de drogas. Ao chegar no local um dos policiais deparou-se com o suspeito e deu-lhe voz de prisão. O homem reagiu, tirou uma faca tipo peixeira e acertou o braço do militar, causando-lhe um corte profundo. Os outros militares dominaram o suspeito e o prenderam.

Durante vistoria na residência do autor, os militares encontraram dois tabletes grandes de maconha, material usado para embalar drogas e dinheiro. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia junto com o material apreendido. O policial militar atingido no braço foi levado ao Pronto Atendimento, onde foi atendido e liberado.

Nariz quebrado

Outras agressões a dois militares ocorreram na rua Espinosa, bairro JK, onde a PM compareceu por volta das 23 horas após receber denúncias de perturbação do sossego e som alto. A primeira guarnição que chegou no local deparou-se com um grupo de pessoas no local. Elas não obedeceram às ordens de encerrar a perturbação e passaram a desacatar os policiais. Diante da resistência, os militares deram voz de prisão a duas pessoas que estavam à frente. Nesse momento, outras pessoas se aproximaram e tentaram impedir as prisões. Na confusão, uma mulher de 18 anos acertou o rosto de um dos policiais com um objeto pesado, que fraturou seu nariz e causou intenso sangramento. Outro militar foi agredido com mordidas e unhadas pela mesma mulher.

Outra guarnição da PM chegou no local para dar reforço. Os policiais dominaram a situação, apreenderam o equipamento de som e prenderam os envolvidos, que foram levados para a Delegacia de Polícia. Os dois militares agredidos foram levados para o Pronto Socorro.

Agressão covarde

Depois das ocorrências, o comandante do 7º Batalhão, tenente-coronel Rodrigo Coimbra, emitiu nota de apoio “aos policiais militares que diariamente arriscam a vida para promover a paz social na cidade de Bom Despacho, em especial aos militares que, de forma covarde, foram lesionados durante o estrito cumprimento do dever legal”.

Os responsáveis pelas agressões aos policiais nas duas ocorrências vão responder criminalmente por lesão corporal e resistência à prisão. 

LEIA MAIS: Promotor faz nota de repúdio às agressões sofridas por policiais militares

LEIA MAIS: Prefeito de Bom Despacho repudia violência contra policiais




Rua do Rosário, 72 – Centro – Fone (37) 3522.2361 – Bom Despacho - MG
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal de Negócios.